Tracklist de n. 01 / 02 · Janeiro e fevereiro

foto (favorita da vida) · picjumbo

Tracklist · lista de faixas de um álbum, EP ou CD.

A música nunca esteve tão presente na minha vida como tem estado nos últimos três meses. Desde que eu concluí o Ensino Médio e encerrei uma etapa fundamental para o meu crescimento pessoal, em dezembro do ano passado, minha vida mudou significativamente: antes, agitada, com os hormônios e emoções à flor da pele e a mente à 1000/hora, mal tinha tempo de sentar em um banco de praça e ver a vida passar para uma vidinha monótona, 24/7 à mercê de algo que me tirasse de um estado permanente de inércia. Eu, que odeio rotina, passei a desejar uma.

Vi minhas preferências e forma de pensar mudarem, minha vida virar do avesso e o meu mundo cair por terra, a busca pelo autoconhecimento aflorar, o meu eu externo profundamente conectado ao meu eu interno, a minha vibração em pura e perfeita sintonia com o Universo. Amadureci como nunca havia amadurecido. E, ainda que eu esteja no início dessa jornada, pela primeira vez, sinto que estou prestes a estar no comando da minha própria vida. 

Graças à ela: a vida adulta.

Que me colocará diante de situações que testará o meu autocontrole, irá fazer pouco das minhas qualidades e, incessavelmente, estará batendo na porta e a qualquer hora entrará sem aviso prévio. Sentará na poltrona mais confortável da casa e ditará as regras: “Deverás arcar com todas as responsabilidades advindas de todo e qualquer ato cometido sem mamãe e papai para alisar-lhe a cabeça”, “Não aprenderás a ser responsável até que seja parada pela primeira vez por um guarda de trânsito por excesso de alta de velocidade e tenha a sua carteira recém-adquirida multada”, “Guardarás para si tudo aquilo de mais profundo que queres dizer ao outro e não tens coragem até que o mesmo seja feito à ti”, entre tantas outras que surgirão sem eu me dar ao trabalho de dar a cara a tapa.

Para todos os efeitos, desde já faço um pedido: “Vida adulta, seja boa comigo, por favor!”.




Esse processo, que data de uma vida inteira, mas tem se intensificado há não mais do que três meses, vem crescendo com uma playlist que, até a última semana, estava devidamente secreta no meu Spotify. Todas as músicas selecionadas a dedo tem muito de mim e carregam lembranças de momentos que eu vivi, de pessoas com as quais eu me relacionei e, especialmente, de sentimentos e sensações. Lágrimas, sorrisos, felicidade, plenitude, ira, frustração, arrependimento. Novas descobertas e novas paixões. Algumas que já se foram e outras que permaneceram. Mas, sobretudo, lições e bençãos que 2017 já fez questão de me presentear. Minha eterna gratidão.


  • Destaque para as melhores descobertas de janeiro: “You” & “Wild Ting” - 11:11 / “Shape Of You” - Ed Sheeran / “Full Circle” - Quinn XCII / “American Girl” - Ta-ku + Wafia / “Sleep On The Floor” - The Lumineers.
  • Destaque para as melhores descobertas de fevereiro: “Work The Middle” - Alex Aiono, “Thief” - Ansel Elgort / “Straightjacket” - Quinn XCII / “City Of Stars” - Ryan Gosling (!) / “Now and Later” - Cover do Simon Samaeng / “Rush” - William Singe.

Que março seja lindo para cada um de nós!






pra tagarelar e ver umas imagens bonitas:

10 filmes indicados ao Oscar 2017 que você precisa assistir


Anualmente, no primeiro semestre do ano (a.k.a a melhor season por motivos de: premiações de todos os tipos e estilos), ocorre a cerimônia de Premiação da Academia, mundialmente conhecida como Oscar. Os cinéfilos vibram, os diretores e produtores do cinema mundial torcem pelos seus longas-metragens e o público se delicia com novas atrações (a propósito, estou fortemente incluída nessa categoria). O Globo de Ouro, Emmy e Grammy têm seus encantos e personalidades atrativas, mas sem dúvida alguma o Oscar é a premiação que nos faz ansiar para que a data chegue o mais rápido possível! Como uma boa apreciadora de filmes que sou, data e obras cinematográficas anunciadas, meu coração se enche de entusiasmo para se aventurar nos mais diversos gêneros contemplados.

Confesso que sempre pego o “bonde andando” e não consigo assistir a todos os indicados, mas seleciono os que a premissa mais me interessa e dou um search nos que estão liderando indicações/premiações por cerimônias anteriores — geralmente, esses têm grandes chances de vencer ao menos uma categoria —. E como eu não poderia deixar esse mega evento passar sem fazer um post mais do que especial, selecionei os longas que mais quero assistir antes da premiação, que ocorre dia 26 de fevereiro, para te instigar a vir junto comigo nessa maratona deliciosa! <3

categorias principais

La La Land é a estrela do grande show! Liderando o ranking com 14 indicações, concorre duas vezes em uma só categoria (“Melhor Canção Original”), chegando a passar de Titanic (1997), com 11 indicações. Queridinho do Globo de Ouro, Bafta (British Academy of Film and Television Arts), New York Film Critics Circle Awards, entre mais outras 7 premiações, é também o favorito no Oscar deste ano. O musical que promete encantar a todos retrata o relacionamento de dois artistas que se conhecem na Hollywood da década de 80 e tentam decolar carreira na competitiva cidade: o pianista de jazz Sebastian, que trabalha em clubes à noite e não tem poder de escolha sobre as músicas que toca, sendo seu principal sonho abrir um clube de jazz e a aspirante a atriz Mia, que sonha em se tornar uma grande estrela, mas não é notada pela indústria do cinema. Em meio as dificuldades de se consolidarem no ramo, o casal tenta manter o relacionamento e, apoiando-se um ao outro, conquistar o que sempre desejaram.

TOP 5 sites para baixar imagens em alta resolução totalmente free


Utilizar imagens para ilustrar postagens, ainda que não seja uma regra, é fundamental para uma boa impressão e processamento imediato da síntese do conteúdo. Isso porque o nosso cérebro processa mais rapidamente uma fotografia do que um texto. Hoje, já é cientificamente comprovado que o uso de imagens em conteúdos atrai mais visitas e visualizações de modo significativo do que se não fosse feito o uso de tal recurso. Sendo assim, torna-se indispensável fazer uso de imagens, bem como em boa qualidade e, preferencialmente, gratuito. Afinal, pagar por cada foto individualmente em redes de site que cobram por isso torna-se extremamente inconveniente. Em virtude disso, para ajudar os azamigo blogueiro, selecionei os meus 5 sites preferidos para baixar imagens bonitas e em boa qualidade, excelentes para serem usadas em posts, totalmente free!

Leitura recomendada: Entendendo direitos autorais e licenciamento na fotografia

Ah! Esteja atento quanto a licença de cada um deles. Baixar uma imagem de forma gratuita não implica no seu uso sem atribuição (créditos ao autor da foto), assim como ser usada para fins comerciais. Se utilizá-la da forma incorreta, isso pode te causar uma baita dor de cabeça. Por isso, não custa nada se informar; o link a cima explica de forma resumida o que significa o licenciamento no meio digital e a forma correta de utilizá-lo. Certamente te auxiliará, enquanto criador de conteúdo, a utilizar esse recurso maravilhoso da forma certa para qualquer projeto pessoal.

TOP sites (em ordem aleatória)

1. PicJumbo

O Picjumbo merece estar no topo da lista! A começar por essas imagens lindas, com cores fortes e vibrantes, de uma vivaz que só elas possuem. Entre todos os sites que aqui serão listados, este merece estar nos seus favoritos, pois a fotografias chamam bastante a atenção pelo bom enquadramento da câmera e da luz (atraindo visitantes para a postagem do seu blog); ainda que as fotos selecionadas sejam em uma só paleta, é possível ver essas características em toda a galeria do site. Na aba intitulada de Categories”, através dos marcadores, você poderá buscar por uma foto em específica. E uso é liberado! Tanto para fins pessoais quanto comerciais. Para mais opções, confira a FAQ.

2. refe

As fotografias do Refe têm tons mais frios e possuem uma espécie de fade naquelas em que têm backgrounds mais fortes, como verde ou azul. Entretanto, se você navegar pelo site por alguns minutos, verá que há também fotos claras e com um ponto de cor. Algo que você deve ficar atento é que será necessário colocar a imagem dentro do carrinho, simulando uma compra e, portanto, criar uma conta no site. Não há complicações: insira alguns poucos dados (não selecionei nenhum dos cartões e ainda assim consegui fazer um login com sucesso) e voilá! Certifique-se de que as imagens que você vai “comprar” têm valor 0,00 para não ter inconvenientes no futuro. Os marcadores estão de forma acessível, dispostos na barra lateral e no menu e as imagens são royalty-free — após o pagamento, elas estarão disponíveis para uso comercial e pessoal.

3. unsplash


O Unsplash não é o meu site favorito entre todos os presentes, mas considerando-se os vários disponíveis na web, está entre os melhores, visto que ele tem três pontos fortes: 1. Todas as imagens disponibilizadas têm licença CC0 (Creative Commons Zero), o que é maravilhoso, pois elas podem ser copiadas, modificadas, distribuídas e utilizadas para diversos fins. Ou seja, você pode fazer o que quiser com elas! Eles têm até uma galeria com as fotos do site modificadas e são super inspiradoras para quem curte design. 2. Diversidade de temas e de tamanhos. De cachorros, prédios, pessoas, partes do corpo à paisagens, as queridinhas por lá. Na horizontal e na vertical (com selo nota 10 de qualidade). 3. Uma espécie de newsletter que te permite inscrever-se e receber 10 fotos no seu e-mail a cada 10 dias.

5. Death To Stock

O Death to Stock ainda é uma descoberta recente para mim. Não me lembro bem como caí no site, mas dei uma chance e aqui estamos nós. O Death não tem muito o que fazer (caso você opte pela opção free), além de inscrever-se com o seu e-mail na newsletter do site e uma vez por mês, receberá um stock de fotos com um tema em específico. O pack de imagens utilizadas para ilustrar este post, por exemplo, é intitulada de Creative Community e as fotos retratam cenas e objetos cotidianos. Algo que não me agrada é o tamanho de cada fotografia; este pack pesa 143 MB com somente dez fotos, o que para mim torna-se inviável, pois meu computador não tem muita memória para se encher de fotos assim tão facilmente. Entretanto, são de boa qualidade e todo mês você receberá diretamente no seu e-mail algumas fotos com um tema aleatório. 


5. magdeleine

Ah, o Magdeleine está no meu TOP dos TOP's, ou seja, os selecionados dos selecionados! Este site é inconfundível, pois as imagens são meramente em tons frios e sombrios, ainda que você selecione por uma cor mais viva na barra lateral. Esse é o meu recurso favorito do site, pois eu posso escolher uma foto baseada em seu tom predominante. Além disso, as fotografias parecem falar por si, ao traduzir momentos e sensações que ficarão para sempre eternizadas. Algumas fotos são bem atrativas, como as de galáxias (sempre escolha as que chamam atenção para seus posts!), outras, porém, nem tanto, considerando-se o tipo de conteúdo e o estilo do seu blog. Esteja atento quanto a licença, pois nem todas as imagens têm CC0, algumas requerem atribuição e isso significa que ao utilizá-las, você não poderá fazer nenhuma alteração e será necessário creditar o autor.

p.s: todos os sites têm fotografias para download gratuito, mas nem todas as disponibilizadas são gratuitas. Portanto, fique atento, especialmente no Refe, uma vez que a conta criada e um clique não intencionado poderá lhe fazer pagar alguns dólares no fim do mês! Hahaha. Fora isso, pode ficar despreocupado, pois nenhum download me causou dor de cabeça. Agora eu quero saber de você: quais sites você utiliza para retirar imagens para posts? Já conhecia algum destes? 




pra tagarelar e ver umas imagens bonitas:

7 lições que eu aprendi com Moana · Um Mar de Aventuras


Sinopse: Moana Waialiki é uma corajosa jovem, filha do chefe de uma tribo na Oceania, vinda de uma longa linhagem de navegadores, que é seu maior hobbie e, também, trabalho. Querendo descobrir mais sobre seu passado e ajudar sua família, ela resolve partir em busca de seus ancestrais, habitantes de uma ilha mítica que ninguém sabe onde é. Com a ajuda do lendário semideus Maiu, Moana começa sua jornada pelo mar aberto, onde vai enfrentar criaturas marinhas e descobrir antigas histórias do submundo. [trailer]

Não faz muito tempo fui ao cinema assistir a animação queridinha do momento: Moana, um mar de aventuras. Foi uma experiência deliciosa; ao lado de duas das pessoas que eu mais amo, sorri atoa, encantada com os personagens e as belíssimas paisagens do filme. Há muito que eu não assistia a uma animação que me injetava um gás de energia e inspiração, fazendo-me acreditar que nada é impossível para quem corre atrás dos seus sonhos e confia em si mesmo. Saí do cinema com o coração aquecido por tantos motivos, entre eles assistir a um desenho da Disney com uma personagem feminina extremamente empoderada, que enfrentou a não aprovação do seu pai, os seus medos e o receio do inesperado ao sair em meio a um mar desconhecido a fim de salvar a si própria e ao seu povo.

Com um sorriso no rosto, posso afirmar que Moana é um filme que fala sobre coragem, sonhos e poder feminino de uma forma leve e divertida, desconstruindo o tradicional papel das princesas da Disney: ficar a espera de um príncipe encantado que virá para lhes salvar em uma enrascada. Moana não é uma princesa, mas sim, uma garota com um coração puro e singelo com força de mulher, que acreditou no seu potencial e no seu poder de revolucionar o mundo a sua volta, ainda que todos a superestimassem. E como se já não fosse o suficiente, além de tudo isso, a animação se enquadra no teste de Bechdel, pois há personagens mulheres e super carismáticas que têm vez e voz e que não falam entre si sobre homens, mas têm papos que inspiram a quem está do outro lado da tela.

7 lições que eu aprendi com Moana

1. Precisamos fazer o que estamos destinados a fazer — geralmente, é aquilo que nos faz se sentir vivos, que faz o nosso coração sair pela boca. É a nossa missão. Talvez já a descobrirmos, quando ainda pequenos e mal sabíamos que esse seria o nosso propósito de vida. Talvez bem mais velhos, prestes a desistir de encontrar o porque da nossa existência. Mas, acredite, esta semente já está plantada em seu coração desde o momento em que você veio à vida.

2. Ainda que as pessoas nos julguem inaptas para isso. Idade não significa maturidade. Meu gênero não é sinônimo de fragilidade. Não mais rótulos. Não mais sexismo.

3. Se tiver alguém que apoie e acredite em você, por mais maluco que possa parecer o que você está prestes a fazer, demonstre gratidão.
4. E tudo bem sentir medo no caminho. É natural. Somos humanos e temos sensações a todo momento. Mas não permita que ele te impeça de realizar aquilo que está destinado a fazer.
5. Um pouco de loucura não faz mal. Já dizem por aí: as melhores pessoas são loucas. E sabe por quê? Porquê elas fazem a vida valer à pena.
6. Seja a sua própria heroína. Você não precisa de ninguém além de si mesma para construir a sua própria felicidade.
7. E por último, mas não menos importante, não desista dos seus sonhos. Uma frase que já fala por si só. Provavelmente, você será atingida por milhares de “Você não é capaz”, “Não sonhe alto demais”, “Você não é suficiente” e tudo o que você precisará será retirar de dentro de si mesma a força necessária para trilhar o seu próprio caminho e a sua própria felicidade para vida linda que certamente o futuro te reserva.

Moana é uma personagem que fala sobretudo com as meninas-mulheres e nos faz reconhecer a nossa força interior. Força esta que nos leva além das barreiras e rótulos construídos, que nos faz se sentir livres para sermos o que quisermos ser. Acima de tudo, Moana é uma personagem forte e encantadora, que luta pelo quer e não fica à espera de um “príncipe encantado” e fez-se necessário sair em busca do que tanto desejou, encontrar dificuldades e passar por diversas atribulações no caminho, para descobrir que ela era a sua própria heroína.


Fight like a girl.



E você, já assistiu ao filme? Teve alguma frase ou aprendizado que te marcou? Me conta qual a sua favorita! <3




pra tagarelar e ver umas imagens bonitas: